Fechar
Um guia com 14 páginas
que vão te colocar a par do mundo do mosaico contendo todos os parâmetros para a boa escolha de uma obra para seu espaço.
Receba novidades
da Mosaico!
Receba também

A APRESENTAÇÃO

O que você precisa saber sobre mosaico.

Blog da Mosaico

Origem Da Palavra Mosaico

Origem Da Palavra Mosaico

Mosaico é  uma palavra de origem grega (de µουσαικóv, trans. mousaikón, "obra das musas"[1] que significa das Musas ou relativo às Musas  (semelhantemente o que aconteceu com a palavra Música), por ser arte bela e especial tiveram-na como inspirada nas musas. Seguem abaixo alguns mosaicos de época Greco-romana com representações do feminino, alguns casos possivelmente musas, da mesma época em que este nome foi dado. Não se tem conhecimento de qual seria o nome dado pelos povos anteriores como os egípcios.    

O mosaico é uma técnica que é assim descrita pelos arqueólogos: [1]

"A arte do mosaico, na sua realidade objetiva, é definida como um conjunto de pequenos elementos (tesselas) – geralmente de pedra, de mármore, de massa de vidro, de cerâmica ou ainda de esmalte vítreo – reunidos por meio de um ligante, conjunto que constitui um revestimento para uma superfície plana ou curva."[1]

Então a partir desta definição, bem ampla entendemos a multiplicidade da técnica no ponto de vista principalmente da variedade de materiais. Eu Leonardo Posenato particularmente utilizo pedras, cerâmicas, porcelanas e as pedras semipreciosas. Quanto ao ligante, temos hoje ligantes de altíssimo  desempenho graças à evolução tecnológica, o que nos permite enviar mosaicos a grandes distâncias. Quanto a base vale o mesmo, mas é preciso utilizar com sabedoria ambos materiais pois o mosaico tem o compromisso histórico e arqueológico da altíssima durabilidade. 

O registro mais antigo data de 3500. a. C., na cidade de Ur , na antiga Mesopotâmia, hoje região onde fica o Iraque. O "Estandarte de Ur" compõe-se de dois paineis retangulares com cerca de 55cm de largura e 22cm de altura, feitos de madreperola, arenito e lápis-lazúli. Esta obra retrada de um lado o imperador e sua corte comemorando o período da paz enquanto tomam vinho, e no outro lado a frieza e o lado bruto da guerra enquanto pisoteiam com seus cavalos o inimigo.

Mais adiante no ano de 2700 a. C. Veremos o mosaico nas paredes da pirâmide de Djozer, com um belo mosaico abstrato de vidros, ainda com muito campo para interpretações e suposições.

No mundo grego, o mais famoso dos mosaicos da época é " A batalha de Isso" aonde Alexandre o grande, reis dos Gregos vence Dário rei dos Persas com uma manobra insólita ( recomendamos ver o filme Alexandre o Grande). Este mosaico embora grego foi encontrado na cidade de Pompéia, aquela que foi soterrada pelas cinzas vulcânicas e descoberto em meados do séc XVIII. O curioso que naquela casa abitava um general do exercito romano e provavelmente retirou da grécia e trouxe como saque de guerra. Atualmente a obra se encontra no Museu Nacional de Nápoles. 

Ainda sobre obras famosas em mosaico, da época romana podemos citar as termas de caracala, o antigo fórum romano em frente ao Coliseu, os mosaicos da basílica de Aquileia, primeiro centro eclesiástico católico apostólico romano. entre outras semelhantes. 

Da época bizantinha citaremos os mosaicos de Ravenna na Santo Apolinario in Classe, Santo Apolinario Novo, San Vitale, Mausoleo de Gala Placidia e em Instambul a Basílica de Santa Sofia.

Da época barroca destacamos os mosaicos da Ópera de Paris de arquitetura de Charles Garnier e mosaicos feitos pelo Gian Domenico Facchina, o percursor da escola de mosaico que eu cursei na Itália. Também na mesma época colocou os mosaicos na catedral de Buenos Aires e no Teatro Colón. 

Com a diversidade de materiais e técnicas hoje continuamos nos surpreendendo com mosaicos nos templos e espaços públicos. Meu ateliê se destacou no Brasil particulamente por obras públicas como os pilares da estação de trem Petrobras no RS, fachadas de igrejas em todo o Brasil, painéis em universidades como o famoso Pharmacopolium que está na UFCSPA entre outros. O fato do mosaico ser uma técnica milenar e estar sendo utilizada continuamente no quotidiano da vida civil é o mesmo motivo de sempre, durabilidade e beleza singular, habilidades que as musas nos deram e continuam ainda nos dando e inspirando. 

Estandarte de Ur - Primeiro mosaico da humanidade

 

Mosaico painel na pirâmide de Djóser - 2700 a.C.

 

Musas da Piazza Armerina - Sicília

 

Musas da Piazza Armerina - Sicília

 

Batalha de Issus - Alexandre contra Dário

 

   Fonte imagens piazza Armerina www.piazza-armerina.it 

  1- Henri lavagne, Il mosaico attraverso i secoli - Longo Editore - Ravenna

 

 

Deixe seu comentário